Pesquisa destaca uso do computador, Internet e celular por crianças brasileiras


07 OUT 2010



Indicadores revelam que o computador e o celular estão presentes em atividades cotidianas das crianças brasileiras de 5 a 9 anos

O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) anuncia os resultados da 1ª Pesquisa sobre Uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação por Crianças no Brasil — TIC Crianças. Conduzida pelo Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br), responsável pela produção de indicadores e estatísticas do NIC.br, a TIC Crianças avaliou a posse e o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) entre crianças de 5 a 9 anos em todo o território brasileiro.

Segundo dados da investigação, apesar de uma expressiva proporção de crianças brasileiras usarem computadores, o acesso à Internet ainda é pequeno. A pesquisa revelou que 57% das crianças já usaram um computador e somente 28% identificou ter usado a Internet. Nas faixas de renda mais elevadas, essa diferença é proporcionalmente menor, o que sugere que a renda explica parcialmente esse fenômeno.

As habilidades para uso do computador originam-se principalmente na escola. A maior parte das crianças (20%) mencionou ter aprendido a utilizar a tecnologia no local de ensino. Enquanto isso, os pais têm uma participação secundária nesse processo: foram mencionados por 16% das crianças que usam computadores.

O uso do celular supera o uso do computador e é uma das tecnologias mais presentes no cotidiano das crianças de 5 a 9 anos: 65% já usaram um aparelho e 14% possuem um. O telefone móvel é usado principalmente para o jogo (88%), seguido pelo uso do aparelho como ferramenta de comunicação: 64% declararam ter ligado para alguém. Ouvir música (60%) também é uma atividade importante para as crianças que usam o celular.

Local de acesso
Outro aspecto importante revelado pela pesquisa foi o papel secundário representado pelas escolas no acesso à Internet. Enquanto 27% das crianças declararam ter utilizado a Internet neste local, somente 14% citaram a escola como o lugar onde a utiliza com mais frequência. Até mesmo as lanhouses registraram um resultado mais significativo neste indicador (17%). Os resultados revelam a importância do uso domiciliar: 49% declararam utilizar a internet no domicílio e 46% declararam ser o domicílio o lugar em que mais usa.

“A escola é o principal local para aquisição das habilidades do computador e da Internet; entretanto, o uso da Internet nesse local ainda é relativamente baixo. Além de ensinar informática para as crianças, é preciso fazer com que professores e coordenadores pedagógicos incorporem o uso das TICs nos processos pedagógicos”, analisa Alexandre Barbosa, gerente do CETIC.br.

Atividades realizadas
O computador está presente nas atividades do dia-a-dia das crianças: 80% das crianças utilizam o computador para desenhar, 64% utilizam para escrever textos e 60% utilizam para ouvir música.

Na Internet, as atividades lúdicas foram as mais citadas pelas crianças. Segundo as entrevistas, 97% das crianças utilizam a rede para jogar. Entre as demais atividades investigadas, 55% das crianças disseram que usam a Internet para brincar em sites que têm desenhos como aqueles que estão acostumadas a assistir na TV.

Em termos das habilidades desenvolvidas no uso do computador, nota-se que as meninas são maioria quando se trata de desenhar e escrever. Enquanto 76% dos meninos desenharam no computador, entre as meninas essa proporção aumenta para 84%. Ao mesmo tempo, 58% dos meninos declararam já ter usado o computador para escrever, enquanto no universo das meninas essa habilidade é mais comum entre 70% das entrevistadas.

Diferenças regionais
A TIC Crianças também mostrou uma grande variação de uso da Internet de acordo com a região do Brasil, a renda domiciliar e idade do usuário. No Norte e Nordeste, por exemplo, as crianças que utilizaram a Internet nos últimos três meses são apenas 12% e 13%, respectivamente, valor muito inferior aos 43% apresentados pelo Centro-Oeste. Sul e Sudeste registraram 40% e 38% respectivamente.
A pesquisa TIC Crianças – 2009 está disponível em http://www.cetic.br/

Sobre o Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br)
O Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br) é responsável pela produção de indicadores e estatísticas sobre a disponibilidade e uso da Internet no Brasil, divulgando análises e informações periódicas sobre o desenvolvimento da rede no país. Mais informações em http://www.cetic.br/.

Sobre o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br)
O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR — NIC.br (http://www.nic.br) é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que implementa as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil. São atividades permanentes do NIC.br coordenar o registro de nomes de domínio — Registro.br (http://www.registro.br/), estudar, responder e tratar incidentes de segurança no Brasil - CERT.br (http://www.cert.br/), estudar e pesquisar tecnologias de redes e operações — CEPTRO.br (http://www.ceptro.br), produzir indicadores sobre as tecnologias da informação e da comunicação — CETIC.br (http://www.cetic.br) e abrigar o escritório do W3C no Brasil (http://www.w3c.br).

Sobre o Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.br
O Comitê Gestor da Internet no Brasil coordena e integra todas as iniciativas de serviços Internet no país, promovendo a qualidade técnica, a inovação e a disseminação dos serviços ofertados.

Para mais informações, acesse: http://www.s2publicom.com.br ou http://www.cgi.br.

Contatos para a Imprensa: S2 Comunicação Integrada
http://www.s2.com.br
Twitter / Flickr / Youtube: S2comunicacao

Everton Schultz - everton.schultz@s2.com.br
Juliana Gilio - juliana.gilio@s2.com.br

Assessoria de Comunicação - NIC.br
Caroline D’Avo – Assessora de Comunicação – caroline@nic.br
Everton Teles Rodrigues – Assistente de Comunicação – everton@nic.br
Flickr: http://www.flickr.com/NICbr/
Twitter: http://www.twitter.com/comuNICbr/