TIC Domicílios 2012 revela que 40% das residências brasileiras possuem acesso à Internet


20 MAI 2013



Levantamento do CETIC.br foi realizado em mais de 17 mil domicílios

O Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br), órgão ligado ao Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), divulga os resultados da oitava edição da pesquisa TIC Domicílios.

Pela primeira vez, o número de brasileiros de 10 anos ou mais que são usuários de Internet (49%) supera aqueles que nunca utilizaram (45%). Entretanto, o estudo realizado em mais de 17 mil domicílios em todo o País indica que ainda é muito grande a diferença na proporção de domicílios com acesso à Internet entre as áreas urbana (44%) e rural (10%).

A TIC Domicílios 2012 revela também que o acesso à Internet em lanhouses caiu e que o domicílio continua crescendo como o principal local de acesso à Internet. Outro destaque fica por conta do aumento da proporção de domicílios com acesso à Internet na região Nordeste que em 2012 atingiu 27%.

Expansão de acesso à Internet nos domicílios do Nordeste é destaque
A pesquisa registrou um aumento na proporção de domicílios com acesso à Internet nas cinco regiões geográficas brasileiras.

  • Em 2012, 40% dos domicílios brasileiros já possuíam acesso à Internet. Em 2011, este número era de 36%;
  • A região Sudeste permanece com a proporção mais alta de acessos (48%), seguida pela região Sul (47%), Centro-Oeste (39%), Nordeste (27%) e Norte (21%);
  • O maior crescimento de acesso à Internet ocorreu na região Nordeste que passou de 21% em 2011 para 27% em 2012.

 

Principais locais de acesso à Internet no Brasil
A pesquisa registra o uso de tecnologia nos domicílios brasileiros, mas também levanta dados de acesso em locais como lanhouses e por meio de dispositivos móveis, como computadores portáteis e aparelhos de telefonia celular.

  • O local de acesso mais citado continua sendo o próprio domicílio: 74% dos usuários acessam a Internet de casa;
  • O acesso em lanhouses caiu oito pontos percentuais e chegou a 19% em 2012. Porém, entre as classes D e E, esse continua sendo o local de acesso mais citado na pesquisa.

 

Mobilidade das TIC no Brasil
O aumento da presença de tecnologias móveis nos domicílios brasileiros apresentou uma crescente em 2012 e reforça a tendência à mobilidade.

  • Entre os domicílios que têm computador, a metade deles tem um computador portátil: a proporção cresceu de 41% para 50%, alcançando este patamar pela primeira vez;
  • A proporção de usuários de telefone celular que acessam a Internet pelo dispositivo cresceu em 2012, alcançando 24%. Em 2011, esse tipo de uso era menos comum (18%).

 

Perfil do usuário de Internet no Brasil
Um dado interessante que ajuda a entender o perfil de quem está ou não conectado à Internet nos domicílios brasileiros é a diferença de acesso entre as áreas urbanas e rurais.

  • O uso de Internet nas áreas urbanas é maior (54%) do que na zona rural (18%);
  • Proporcionalmente, a maioria dos indivíduos que nunca usaram a Internet vive na zona rural (77%), mas em números absolutos a maioria está na zona urbana (56 milhões).
  • O acesso a essas tecnologias na área rural permanece praticamente estável ao longo da série histórica (18%), desde 2008;

 

Uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação
A frequência do uso de computador e Internet estão entre os principais dados da TIC Domicílios 2012. O CETIC.br também apurou a velocidade e as questões de infraestrutura da rede em seus indicadores.

  • A frequência diária de uso cresce significativamente. Em 2008 era de 53% e em 2012 é de 69%;
  • A faixa de maior velocidade da conexão domiciliar cresceu entre 2008 e 2012 de 6% para 32%.

 

Ao comentar os resultados finais da TIC Domicílios 2012, Alexandre Barbosa, gerente do Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br) observa: “A frequência de uso diária e a velocidade da conexão vêm crescendo de forma significativa entre os usuários de Internet no Brasil. Isso implica em oportunidades para o uso de novas aplicações", avalia o especialista.

A TIC Domicílios está disponível no link http://cetic.br/.

Sobre o CETIC.br

O Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br) é responsável pela produção de indicadores e estatísticas sobre a disponibilidade e uso da Internet no Brasil, divulgando análises e informações periódicas sobre o desenvolvimento da rede no país. Mais informações em http://www.cetic.br/.

Sobre o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR – NIC.br

O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR — NIC.br (http://www.nic.br/) é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que implementa as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil. São atividades permanentes do NIC.br coordenar o registro de nomes de domínio — Registro.br (http://www.registro.br/), estudar, responder e tratar incidentes de segurança no Brasil - CERT.br (http://www.cert.br/), estudar e pesquisar tecnologias de redes e operações — CEPTRO.br (http://www.ceptro.br/), produzir indicadores sobre as tecnologias da informação e da comunicação — CETIC.br (http://www.cetic.br/) e abrigar o escritório do W3C no Brasil (http://www.w3c.br/).

Sobre o Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.br

O Comitê Gestor da Internet no Brasil coordena e integra todas as iniciativas de serviços Internet no País, promovendo a qualidade técnica, a inovação e a disseminação dos serviços ofertados. Com base nos princípios de multilateralidade, transparência e democracia, o CGI.br representa um modelo de governança multissetorial da Internet com efetiva participação de todos os setores da sociedade nas suas decisões. Uma de suas formulações são os 10 Princípios para a Governança e Uso da Internet (http://www.cgi.br/principios). Mais informações em http://www.cgi.br.

Assessoria de Comunicação - NIC.br
Caroline D’Avo - Gerente de Comunicação e Eventos - caroline@nic.br
Everton Teles Rodrigues - Coordenador de Conteúdos- everton@nic.br
Claudia Hercog - Assistente de Comunicação - claudia@nic.br
Flickr: http://www.flickr.com/NICbr
Twitter: http://www.twitter.com/comuNICbr