TIC DOMICÍLIOS E USUÁRIOS 2008



I5 - PRINCIPAL MOTIVO PELO QUAL NÃO PROCUROU APRIMORAR AS HABILIDADES COM O COMPUTADOR1





I5 - PRINCIPAL MOTIVO PELO QUAL NÃO PROCUROU APRIMORAR AS HABILIDADES COM O COMPUTADOR1
Percentual sobre o total de usuários de computador que consideram que suas habilidades com o computador são insuficientes para o mercado de trabalho2
Percentual (%) Custo do curso Falta de tempo Falta de oportunidade Desconhecimento de como fazê-lo Nenhuma oferta adequada Os cursos são muito difíceis Nenhum dos motivos anteriores Não sabe / Não respondeu
TOTAL BRASIL 30 26 17 4 3 3 14 4
ÁREA URBANA 29 26 16 4 3 3 14 4
RURAL 36 21 23 2 2 2 10 3
REGIÕES DO PAÍS SUDESTE 27 25 17 5 2 4 16 4
NORDESTE 36 24 19 3 3 3 8 5
SUL 39 29 14 2 3 2 9 2
NORTE 27 25 20 6 4 3 14 2
CENTRO-OESTE 21 32 12 4 2 2 25 3
SEXO Masculino 29 25 17 4 2 3 15 4
Feminino 31 27 16 4 3 3 12 4
GRAU DE INSTRUÇÃO Analfabeto/ Educação infantil 33 13 17 6 2 5 16 7
Fundamental 35 19 18 5 2 4 13 4
Médio 30 29 17 3 3 2 12 3
Superior 13 50 11 2 2 2 16 3
FAIXA ETÁRIA De 10 a 15 anos 39 9 18 5 3 5 14 7
De 16 a 24 anos 34 23 20 4 4 2 11 2
De 25 a 34 anos 27 39 13 3 2 2 11 2
De 35 a 44 anos 22 38 16 3 2 3 13 3
De 45 anos ou mais 14 30 14 6 1 6 24 4
RENDA FAMILIAR Até R$415 48 13 20 4 2 3 9 2
R$416-R$830 40 19 18 4 3 3 9 3
R$831-R$1245 31 24 19 5 2 3 12 4
R$1246-R$2075 21 36 15 3 3 4 15 4
R$2076-R$4150 10 42 13 3 2 4 23 4
R$4151 ou mais 6 44 8 8 1 - 28 5
CLASSE SOCIAL4 AB 17 37 13 2 3 3 20 4
C 29 26 17 4 2 3 13 4
D E 45 14 19 5 3 3 9 3
SITUAÇÃO DE EMPREGO Trabalhador 27 34 16 3 2 3 12 3
Desempregado 35 18 23 5 5 2 11 1
Não integra a população ativa3 34 14 17 5 2 4 17 6
  • 1 Para procurar um emprego ou trocar de emprego dentro de 1 ano.
  • 2 Base: 5.586 entrevistados que já utilizaram computador e declararam possuir alguma habilidade, mas que consideram não ter habilidades suficientes para o mercado de trabalho. Respostas estimuladas e rodiziadas.
  • 3 Na categoria não integra população ativa estão contabilizados os estudantes, aposentados e as donas de casa.
  • 4 O critério utilizado para classificação leva em consideração a educação do chefe de família e a posse de uma serie de utensílios domésticos, relacionando-os a um sistema de pontuação. A soma dos pontos alcançada por domicílio é associada a uma Classe Sócio-Econômica específica (A, B, C, D, E).
  • Veja a tabela de erros estatísticos aproximados para cada variável este indicador.
  • Fonte: NIC.br - set/nov 2008